22 de out de 2008

Um reencontro...




Olá galerinha!!!
É nesse domingo o 2º turno da Eleição 2008, para quem vai votar, eu só tenho a dizer:
Vote com consciência, pois o seu voto faz a diferença!!
E pra quem não vota... o seu dia de votar ainda irá chegar!!!! Rsrsrsr

Bom, vamos a Palavra de Deus???

Nesse domingo o mover do Senhor foi tremendo!!!
O Senhor usou a vida do nosso preletor Juninho para trazer uma Palavra simples e objetiva!!!
Onde tudo começou?? Tipo, o pecado, a perda da inocência, a malícia e tudo o que vivemos hoje??
Eh, quem nunca ouviu a pregação sobre Adão e Eva no jardim do Éden??
Praticamente todo mundo, não é mesmo?!
Em Gênesis 02:07 diz:
Então, do pó da terra, o SENHOR formou o ser humano. O SENHOR soprou no nariz dele uma respiração de vida, e assim ele se tornou um ser vivo.
Esse é o início de tudo. Deus criou o homem a Sua imagem e semelhança (Gênesis 01:26), e em nós Deus colocou a inocência:
E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.
Gênesis 02:25
Deus já havia avisado sobre o fruto de uma árvore que Adão e Eva não poderiam comer:
Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
(Gênesis 07:17), e num momento de distração, a serpente convenceu Eva a comer do fruto e dar a Adão dizendo:
- Vocês não morrerão coisa nenhuma! Deus disse isso porque sabe que, quando vocês comerem a fruta dessa arvore, os seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecendo o bem e o mal.” Gênesis 03:04 e 05
Na bíblia não diz se em volta dessa árvore “proibida” tinha muros, e nem se tinha anjos guardando e dando bronca em Adão e Eva caso eles quisessem ultrapassar o “cordão de isolamento”.
O que Deus queria era apenas a obediência deles!!
E só Deus sabe quantas vezes eles já haviam passado por aquela árvore e desejaram-na por curiosidade.

E assim que eles entraram na conversa da serpente, eles perderam a inocência e tudo de puro que Deus havia colocado neles, ou seja em nós!

E na “viração do dia”, “à tardinha” como diz o nosso queridíssimo Clésio, Deus foi se encontrar com Adão e Eva como de costume, e os encontrou escondidos, pois sentiram vergonha de estarem nus.
Nesse momento os olhos dos dois se abriram, e eles perceberam que estavam nus. Então costuraram umas folhas de figueira para usar como tangas. Naquele dia, quando soprava o vento suave da tarde, o homem e a sua mulher ouviram a voz do Senhor Deus, que estava passeando pelo jard8im. Então se esconderam dele, no meio das árvores.
Gênesis 03:07 e 08
E depois de uma breve conversa de um culpando o outro pelo erro, Adão e Eva foram expulsos do jardim que Deu havia criado com tanto amor e carinho para eles.
E a conseqüência de sua desobediência é que eles iriam envelhecer e morrer, pois em Romanos 06:23 diz:
-Porque o salário do pecado é a morte...

Existe o antes e o depois da escolha de Adão e Eva:
Antes: Eles dependiam somente de Deus. Pois eles tinham tudo o que precisava no jardim, alimento, água, vida e intimidade com Deus.
Depois: Eles teriam de trabalhar para se sustentar e a expulsão deles do jardim simboliza a nossa separação de Deus.

O projeto de Deus para eles e para a nossa vida era que nós dependêssemos único e exclusivamente de d’Ele!
Mas o pecado nos afastou. Mas Deus achou uma solução para que nós pudéssemos voltar a depender d’Ele. E o que nós precisamos é do perdão! O único jeito que tinha de nos aproximar-mos novamente de Deus e ter o Seu perdão seria o Sangue do Justo, ou seja, a morte do Cordeiro Santo que é Jesus!
O sangue d’Ele é o único que pode apagar o pecado de todo o mundo!

E a morte de Jesus na cruz, naquele exato momento em que Ele diz:
...Está consumado...” João 19:30
Simboliza a nossa volta ao jardim do Éden, ou seja, o nosso reencontro com Deus!
Através do sangue de Jesus temos a purificação de nossos pecados.
Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado
1 João 01:07

Hoje Deus quer voltar a cuidar de você! Ele quer apenas o seu bem, mas para tudo ocorrer bem você tem que ouvir a palavra de Deus e a obedecer! Pois Deus tem o melhor para nós em Sua Palavra!!!
Ninguém está livre de pecar, e foi por isso mesmo que Jesus morreu na cruz, para perdoar o seu pecado e te dar a liberdade e a salvação!
Quantas vezes ficamos tão constrangidos em ter pecado que esse sentimento acaba sufocando o direito que temos de pedir perdão pelo nosso erro?! Somos falhos sim, mas também é muito importante não nos conformar com a vida de erros e pecados.

Você errou? Falou o que não devia, desagradou a Deus com uma atitude ou uma palavra? Peça perdão a Deus, o Seu filho Jesus tem o poder de te perdoar. Mas não peça apenas o perdão, peça sabedoria, peça para Deus te ajudar a ser um filho de Deus, sal da terra, luz do mundo.

... tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido.
Salmos 51:17

Fiquem na Paz do Senhor!!

Um comentário:

  1. É fato que inocência não faz mais parte do mundo jovem. Nesse lugar, como ja foi dito, a perda da inocência vem cada vez mais cedo.
    E essa é a tendência, já que no mundo jaz o maligno e em cada pessoa o bem e o mal.
    Sabe-se que da essência de Deus vem a justiça. Sendo assim, um ser essencialmente justo não negaria o livre arbítrio ao homem. Não negou, desde a arvore - sem anjos para repreender quem ousasse comer da fruta - até hoje, quando tem-se a liberdade de fazer o que bem entende-se.
    Obs: Pode-se tudo! Até desobedecer a uma lei de transito, mas não convém.(muitas pessoas obedecem apenas porque a multa pesa no bolso).
    Para tanto, com essa perda precoce da inocência não há uma carência de consciência?
    A consciência cristã vem da palavra. Não há carência de regras, há necessidade de compreensão.
    Quem vive apenas a Lei de Deus, e não regras decoradas, entende que Ele tem o melhor, então tem-se apenas fé e obediência a essa Lei. Compreender isso é, ainda, viver no Éden.

    Obs: O escritor inglês C. S. Lewis, criador de “As crônicas de Narnia” e “Senhor dos Anéis” admite como Lei Natural, a essência, algo comum a todos os homens, que não obedece à lógica ou instinto. Não se trata de uma lei natural como a da gravidade, se trata de conceitos de certo e errado, bem e mal que está enraizado na razão humana. A essa Lei Natural chamo de Lei de Deus, seguida apenas pelos que têm fé e são, Nele, inocentes ou pelos que a entende e assim alimentam a fé.

    ResponderExcluir