31 de ago de 2011

Você é tudo pra Deus

Quantas vezes cantamos ou oramos dizendo a Deus “seja tudo em mim”, é muito bom dizer estas palavras a Ele, quando nos quebrantamos diante de Deus, fazemos nossa declaração de Amor a Ele.

Qual a declaração de Amor que Jesus fez e ainda faz a nós? Em João 3.16 diz “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”.

Essa é a maior declaração de amor, Jesus ter se sacrificado por nós. Quando pensamos nEle e praticamos o amor que vem dEle, somos moldados conforme a vontade de Deus, e quando passamos a confiar, entregamos nossa vida em favor de outros sem ter medo, pois confiamos que Deus cuida de nós, sacrificamos nossas vontades em favor de outros, a declaração de amor que Jesus fez a nós naquela cruz, foi pra que hoje tivéssemos liberdade de chegar até Ele e dizer “seja tudo em mim”, Jesus com o seu infinito e grandioso Amor vem até nós. Quando buscamos a Deus, mesmo que cansados, atribulados, Jesus vem e nos socorre, Paulo disse em II Coríntios 4: 8 e 9 “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;”

Em nossa vida, passamos por momentos difíceis onde parece que perdemos a "essência", mas Deus nos molda nesse período e faz com que a gente tenha sede de buscar mais dEle, tenha vontade de ter um coração puro igual ao dEle, de amar outras vidas com o amor que vem dEle, Ele é o próprio amor.

Que nossa busca seja pelas coisas que não se vêem que nossos olhos estejam focados para o alto, mesmo quando tudo parece estar “desmoronando”. Em um trecho de uma musica diz “Quando tudo diz que não, sua voz me encoraja a prosseguir”, que nossa declaração de amor á Deus seja simples e sincera, que todos os dias quando acordarmos, que nosso primeiro pensamento seja “Deus obrigado” ser grato a Deus por tudo que somos, por tudo que fazemos e que a cada dia a palavra dEle alimente nosso coração. A declaração que Ele faz a você todos os dias é de que você é tudo pra Ele. Assim como cantamos ou desejamos que Deus seja tudo em nossas vidas, Ele também responde a nós que somos tudo pra Ele. Se não fossemos tudo para Deus, não precisaria do sacrifício de Jesus, qual pai entregaria o seu filho pra que outras pessoas pudessem viver? Somos tudo pra Deus, e Ele nos ama para sempre. Em Mateus 28:20 diz "E eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos".

Por mais difícil que esteja alguma situação, permaneça junto ao Pai, por que é nessas horas que nós muitas vezes questionamos a Deus, e Ele vem com graça e amor e responde nossas perguntas, nos faz entender que tudo está no controle dEle, nos molda e nos transforma.

“Haja o que houver, Eu estarei com você.”

13 de jun de 2011

Em Teus ombros

Por muitas vezes nos encontramos vazios, como se um peso estivesse em nossos ombros e fosse difícil andar sozinho.
A Bíblia nos diz em Isaías 53:4-5 que Ele levou sobre si as nossas dores, também diz que pelas pisaduras dEle, fomos sarados.
Somente Ele conhece nosso coração, de tal maneira que não precisamos nos apresentar diante dEle com máscaras, pois Ele sabe o que estamos passando, e a maneira que temos vivido.
Nossa caminhada com Deus deve ser constante, devemos procurar olhar para as coisas que vem do alto, olhar para a Cruz, foi ali que Jesus derramou seu sangue, Ele carregou em seus ombros um peso que não era dEle, foi oprimido, mas não abriu a sua boca. Jesus fez tudo isso em amor, Ele já sabia da nossa existência hoje, e já sabia de aflições que iriamos passar, Ele mesmo disse que passaríamos sim por dias difíceis, mas disse também para ter ânimo, porque Ele já venceu este mundo.
Precisamos estar firmes, construir nossa casa na Rocha, pra que quando o vento vier, não a derrube. A Rocha é Jesus, devemos estar ligados a Ele, o que alimenta nossa parte espiritual é Sua palavra, nos faz caminhar e ter esperança.
Não peça para que Deus tire da sua vida as dificuldades, peça a Ele ombros mais fortes para que você aguente quando chegarem os dias ruins, nossa vida é de constante renúncia do nosso próprio eu, é doloroso e difícil, mas vale apena, porque quando nos esvaziamos de nós mesmos, damos espaço para que Ele venha e faça da maneira como quer.
Nosso relacionamento com Deus deve ser sincero, e não tem como se relacionar completamente com Ele se não o buscamos em oração, se não intercedemos por nossos irmãos.
Não busque um motivo pra reclamar de como sua vida está hoje, mas entenda que Ele é Deus em todas as situações, e como um Pai cuida de um filho, assim é nossa vida com Ele.
Caminhar com Deus, é entender que Ele esta no controle de tudo, por mais que a gente dê mancada, por mais que a gente faça da maneira errada, sempre vai ter um ombro pra você apoiar e dizer "me perdoa, me socorre, porque sozinho eu não consigo", e Cristo vem e nos perdoa.
É como deitar a cabeça no ombro de seus pais e desabafar tudo que você sente, é isso que Deus quer de nós, que a gente veja Ele como um Pai de amor que esta pronto pra te receber como você está, todos nós precisamos desse amor, não se sinta culpado pelo que já fez, ou esta fazendo, mas reconheça que precisa dEle, só Cristo preenche esse vazio, basta um pedido de socorro, Deus vem até nós com graça e amor, renovando em nós os sentimentos e nos inspirando a ser Jesus pra outras pessoas.


"Seguro vou em Tuas mãos, sei que tudo isso passará, em Tua Graça eu vou, tens esperança em mim, quem me sustenta é Tua palavra"
Palavrantiga.

5 de jun de 2011

Pelados como estamos...

Em Gênesis conta como o mundo foi formado e o início da humanidade. Adão e Eva andavam nus no paraíso e toda tarde Deus descia e se relacionava com eles.

Isso foi mudado quando provaram do fruto do conhecimento do bem e do mal. Quando eles entenderam o que poderiam fazer ou não, quando eles tomaram conhecimento da Lei, tiveram vergonha da nudez e confeccionaram roupas para cobrir suas partes. Quando Deus desceu para se relacionar com eles, a vergonha da nudez os levou a se esconderem.

Antes de eles entenderem o que se pode fazer ou não, não sentiam vergonha da nudez, não sentiam vergonha de mostrarem o seu pior. Eles se mostravam completamente como eram. E se relacionavam bem com Deus. As suas fraquezas não influenciavam em como seria o contato com Deus.

Mas a partir do momento que a lei entrou na vida deles, a aparência, qualidades e defeitos tornaram importantes e sentiram vergonha de estarem nus. De se mostrarem como são. De serem completamente verdadeiros diante de Deus.

Deus não quer isso. Ele quer se relacionar com você da forma como você é. Com as suas qualidades e defeitos. Não adianta se esconder que está pelado ou se esconder porque errou. Deus quer continuar conversando com você. Ele continua te amar mesmo assim.

Não caia no mesmo erro de Adão e Eva de depois de terem errado, tentar esconder o erro e tentar fugir de Deus. Seja transparente com Ele e mostre como você está. Os olhos de Deus enxergam muito mais alem do que a gente pode tentar esconder. Ele enxerga seu coração e dá importância as coisas que tem nele.

“Estou aqui, não quero mais me esconder de Ti.”

6 da tarde – Heloísa Rosa

1 de jun de 2011

Evangelho de amigos

O evangelho que Jesus no trouxe, foi projetado para se viver em comunidade, para ser desfrutado com todas as pessoas da nossa vida. A própria vida de Jesus mostrou isso. Ele passou a vida ajudando as pessoas. Mas ele tinha um carinho especial por algumas, como por exemplo, com Lázaro e suas irmãs. Essas pessoas eram amigas do Mestre.

Quando Lázaro já estava morto há quatro dias, Jesus vendo sua família e amigos chorando, mesmo tendo o conhecimento de todo o seu poder e sabendo que Lázaro seria ressuscitado, movido de íntima compaixão, Cristo chorou com eles.

Jesus antes de fazer o milagre, amou essas pessoas. Amou os seus amigos.

Isso mostra como devemos também ajudar e nos preocupar com nossos amigos, com as pessoas que participam da nossa vida e que estão sofrendo.

A bíblia nos orienta a permanecermos com essas pessoas tão importantes para nós em todos os momentos, Jesus nos ensinou isso se preocupando conosco mesmo nós não sendo amigos dele.

“Cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” Se permanecermos juntos, será muito mais difícil para fraquejarmos e cair, porque um orando pelo outro, um ajudando o outro, um lembrando o outro as coisas que nos traz esperança, estaremos sendo Jesus para as pessoas e estaremos praticando o amor que ele nos ensinou.

Todos que conheceram as palavras de Jesus foram chamados para isso, ser mais parecido com Cristo, para ser Jesus aos necessitados. Cuidando das pessoas, como Cristo cuida de nós, seremos verdadeiros discípulos dele, imitando suas obras cheios de amor.

17 de abr de 2011

Rei de todos os dias

As profecias de Isaías falavam que viria um Rei dos judeus e que os libertaria da escravidão.

Os estudiosos da lei imaginavam que viria um rei desse mundo, com sua riqueza, linhagem real e poder físico para libertá-los dos romanos. Mas, um homem simples, pobre, que andava com bandidos e prostitutas e que, quando orava, chamava o Criador de "Pai" mostrou que era esse Rei tão poderoso e bom.

Jesus é esse Rei.

Jesus mostrou, com a sua vida e obra, que é Rei.

Quem é rei das coisas espirituais, sempre foi, é e sempre será, pois se trata de coisas eternas.

Cristo dedicou a sua vida pelas outras pessoas, cuidando das suas necessidades, das suas dores, como um rei bom e amável que Ele é.

Não é possível ver Jesus como um maltrapilho apanhando dos romanos. Mesmo nessa hora terrível, é possível ver Jesus brilhando com a sua Glória e Majestade.

Ele sempre será Rei. Ele não depende das situações e coisas terrenas para reinar.

Ele simplesmente é Rei.

Não importa se tem sol ou chuva, se você sorri ou chora, se caminha ou se cai. Ele continua sendo Rei e continua querendo estar com você todos os dias. Todos os dias...

4 de abr de 2011

Evangelho 3D

Em Isaías capítulo 6, no versículo 1 ao 8 fala de uma visão que o profeta teve da presença de Deus.
Essa visão fala como deve ser a caminhada com Deus e Seu evangelho. Deve ser em 3D.
Essa visão fala de 3 dimensões. Altura, profundidade e largura.
Isaías enchergou a altura: Deus assentado sobre um alto e sublime trono; a profundidade: a profundidade de seu
coração cheio de iniquidade e pecado; e a largura: o mundo precisando da Palavra de Deus.
A vida com Cristo depende do entendimento dessas 3 dimensões. Primeiro enchergar a Sua Majestade e de como Ele
é Santo (os anjos clamavam dizendo Santo, Santo, Santo), depois ver como estamos sujos e que precisamos que Ele
nos limpe com Sua brasa viva, e por fim, Deus nos faz ver que as outras pessoas também precisam entender essas 3
dimensões e pergunta quem irá falar por Ele.
O evangelho não é egoísta. As pessoas precisam ter a visão de Deus, assim como nós ainda precisamos.
Isaías profetisava sobre um Salvador, sobre um Messias. Foi quem mais falou sobre a vida de Jesus.
As nossas palavras e atitudes devem ser sobre Jesus. Na essência de como nós vivemos, deve ser sobre Jesus, assim
como a vida de Isaías.
A caminhada com Deus é basicamente isso: Amar a Deus e buscar a Sua face, mudar as nossas corrupções e
falar de Jesus para os outros.

14 de fev de 2011

Amor ou amor?

Existem dois planos. O Plano de Deus que é perfeito, espiritual e eterno e o plano dos homens, que é imperfeito, material e findável. Um é o oposto do outro. O plano humano só é perfeito quando é subjugado pelo plano de Deus.

Tudo que é feito no plano espiritual, é perfeito. Dura para a eternidade. Quando pegamos uma “matéria prima” imperfeita e podre do nosso plano e elevamos à presença de Deus, ela se torna perfeita. Porque não é mais feito pelas nossas mãos, não está mais sobre o controle de homens imperfeitos e pervertidos, mas de Deus, que simplesmente é perfeito.

Agora, quando pegamos uma “Matéria Prima” Divina e trazemos para esse plano, se torna imperfeito como os moldes desse plano. Quando pegamos, por exemplo, o Amor de Deus e trazemos para as nossas mãos humanas, esse Amor perfeito e eterno se transforma em amor de homens, que são imperfeitos e corruptíveis.

Sabe quando vemos religiosidades, heresias e “evangelhos genéricos”?

São “ótimos” exemplos. São situações de pessoas que pegaram aquilo que é lindo, perfeito e espiritual, no caso a salvação, e trouxe para os moldes humanos e materiais.

Isso, em uma, palavra é burrice.

Como você tem vivido e feito as coisas?

24 de jan de 2011

Jesus levou meu salário

O pecado chegou ao mundo através de um homem. Adão errou. A dívida foi feita. Dívida que ele não conseguiu pagar. Seus filhos herdaram essa divida. Seus filhos não conseguiram pagar a dívida do seu pai e nem as suas próprias dividas. Assim foi caminhando a humanidade.

Sem sangue, nenhum pecado poderia ser perdoado. Mas, sangue de nenhum animal e de nenhum homem era precioso o suficiente para isso. Foi necessário um salvador para nós. Jesus veio e pagou essa divida.

A conseqüência do pecado, do erro, é a morte. A única pessoa que não merecia essa condenação resolveu aceitá-la por toda a humanidade imperfeita que não conseguiu pagar por seus próprios erros. Ele tomou para si, a morte que foi imposta a mim, pelas minhas atitudes.

Resumindo, ele levou meu salário: A morte, pelo pecado. Não só fez isso, como também trocou de lugar comigo. Pelo seu imenso amor. Deixando para nós, pela sua infinita graça, a oportunidade de ter a vida eterna, que era para ele, e não para nós.