5 de jun de 2011

Pelados como estamos...

Em Gênesis conta como o mundo foi formado e o início da humanidade. Adão e Eva andavam nus no paraíso e toda tarde Deus descia e se relacionava com eles.

Isso foi mudado quando provaram do fruto do conhecimento do bem e do mal. Quando eles entenderam o que poderiam fazer ou não, quando eles tomaram conhecimento da Lei, tiveram vergonha da nudez e confeccionaram roupas para cobrir suas partes. Quando Deus desceu para se relacionar com eles, a vergonha da nudez os levou a se esconderem.

Antes de eles entenderem o que se pode fazer ou não, não sentiam vergonha da nudez, não sentiam vergonha de mostrarem o seu pior. Eles se mostravam completamente como eram. E se relacionavam bem com Deus. As suas fraquezas não influenciavam em como seria o contato com Deus.

Mas a partir do momento que a lei entrou na vida deles, a aparência, qualidades e defeitos tornaram importantes e sentiram vergonha de estarem nus. De se mostrarem como são. De serem completamente verdadeiros diante de Deus.

Deus não quer isso. Ele quer se relacionar com você da forma como você é. Com as suas qualidades e defeitos. Não adianta se esconder que está pelado ou se esconder porque errou. Deus quer continuar conversando com você. Ele continua te amar mesmo assim.

Não caia no mesmo erro de Adão e Eva de depois de terem errado, tentar esconder o erro e tentar fugir de Deus. Seja transparente com Ele e mostre como você está. Os olhos de Deus enxergam muito mais alem do que a gente pode tentar esconder. Ele enxerga seu coração e dá importância as coisas que tem nele.

“Estou aqui, não quero mais me esconder de Ti.”

6 da tarde – Heloísa Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário