1 de jun de 2011

Evangelho de amigos

O evangelho que Jesus no trouxe, foi projetado para se viver em comunidade, para ser desfrutado com todas as pessoas da nossa vida. A própria vida de Jesus mostrou isso. Ele passou a vida ajudando as pessoas. Mas ele tinha um carinho especial por algumas, como por exemplo, com Lázaro e suas irmãs. Essas pessoas eram amigas do Mestre.

Quando Lázaro já estava morto há quatro dias, Jesus vendo sua família e amigos chorando, mesmo tendo o conhecimento de todo o seu poder e sabendo que Lázaro seria ressuscitado, movido de íntima compaixão, Cristo chorou com eles.

Jesus antes de fazer o milagre, amou essas pessoas. Amou os seus amigos.

Isso mostra como devemos também ajudar e nos preocupar com nossos amigos, com as pessoas que participam da nossa vida e que estão sofrendo.

A bíblia nos orienta a permanecermos com essas pessoas tão importantes para nós em todos os momentos, Jesus nos ensinou isso se preocupando conosco mesmo nós não sendo amigos dele.

“Cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” Se permanecermos juntos, será muito mais difícil para fraquejarmos e cair, porque um orando pelo outro, um ajudando o outro, um lembrando o outro as coisas que nos traz esperança, estaremos sendo Jesus para as pessoas e estaremos praticando o amor que ele nos ensinou.

Todos que conheceram as palavras de Jesus foram chamados para isso, ser mais parecido com Cristo, para ser Jesus aos necessitados. Cuidando das pessoas, como Cristo cuida de nós, seremos verdadeiros discípulos dele, imitando suas obras cheios de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário