8 de dez de 2009

Um banho quente e um gerador eterno

Gostaria de usar como exemplo para esta mensagem algo deste mundo, que foi vivenciado não só por mim mais por muitos que lêem esta mensagem agora, pode parecer algo banal de início mais foi algo que me mostrou o quanto a luz é importante.

O fato em si que quero citar é o apagão. Diante de tal acontecimento percebi o quanto necessitamos de luz, já havia pensado na importância da água, do oxigênio, da floresta amazônica mais a luz nunca havia parado pra pensar em sua importância.
Transportei estes valores pro mundo espiritual e descobri que existem apagões também espiritualmente falando.

E os classifiquei como: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas.


Ai você irá pensar: mas estes são os frutos da carne descritos em Gálatas, certo?


Sim. Certo, mas tudo aquilo que me afasta da luz ou me distancia da presença da própria não posso classificar como um apagão espiritual? Daí então o porquê de relacionar os frutos da carne com o apagão, pois a conseqüência de tais atos descritos nos envolve com um manto de escuridão.

Voltando à minha experiência “apagão”. Lembro-me quando acordei no dia seguinte, logo pela manhã, corri para o primeiro interruptor e fiz o teste da luz. Na hora foi um alivio saber que o banho seria quente então relacionei novamente com o mundo espiritual e conclui que: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança lembram muito o meu banho quente; Opa! Desculpa, você deve pensar: que blasfêmia comparar o banho quente de cada dia com o fruto do espírito, no singular.

Mais se atente para esse fruto. Ele te aproxima da luz, te traz a verdadeira visão e onde há luz há calor, onde há luz existe vida. Tudo bem, ainda não tem nada ver com banho quente, mas este fruto com certeza nos livra do “apagão” onde mora a frieza e a morte espiritual e se esse fruto resulta em algo bom, perfeito e agradável. Posso compará-lo ao meu banho quente, pois convenhamos, em meio à escuridão saber que se pode tomar um banho quente nos traz certo alivio.

É isso que Jesus te oferece, um banho quente em meio ao apagão.
Por isso o convite é algo irrecusável, andarmos juntamente a Ele na luz é maravilhoso, pois diferente da escuridão onde nós só teríamos a opção de tropeçar e cair, na luz a gama de opção aumenta, pois nela encontramos paz, comunhão, vida, libertação... Imensurável é a luz e te digo com convicção que o apagão é corrosivo, ele começa cortando o beneficio do banho quente e termina te impedindo de recomeçar, pois em meio ao escuro é impossível se achar a pedra de tropeço.

Os benefícios da luz são eternos porque diferente do mundo o reino não sofre repentinos cortes de luz e ela sempre reina e a escuridão não pode entrar.

Ainda há tempo, brilhe no apagão da sua escola, da sua casa, daquele seu amigo drogado ou até mesmo daquele amigo homossexual, amplie o convite ao banho quente, pois este é o nosso papel, queira ser um gerador de energia de Jesus em meio ao apagão do mundo.

Versículos e livros de base: Marcos 4:21 e Gálatas 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário