18 de nov de 2009

Separados...



"Se eu encontrar em mim desejos que nada neste mundo pode satisfazer, eu só posso concluir que eu não fui feito para este lugar."
C.S. Lewis


Deus nos chamou para um relacionamento verdadeiro, como a de um amigo. Algo que seja palpável e sincero, a bíblia fala que sem o amor de nada vale, esse relacionamento também tem que ser em amor. Em João fala: quem me ama, faz o que Eu falo.

Entendam o que Deus se refere quando Ele diz em santidade. Separação. É isso: Separação de tudo que não serve pra você. Todos conhecem um cara chamado Sansão, que tinha uma “super força”, era cabeludo, não bebia e nem tocava em nada que era relacionado à uva, nem tocava em mortos e nem comia coisa imunda (na época era molusco, carne de porco, répteis e algumas outras coisas).

A sua “super força” vinha de obedecer a esses preceitos de Deus, pois ele era um nazireu, ou seja, alguém separado para Deus (vai vendo a semelhança). Não cortar o cabelo significa ser submisso a Ele, não se ingerir derivados à uva tem o sentido de não consumir a alegria desse mundo, nunca tocar em cadáver nos leva a pensar em coisas sujas desse mundo que nos levam a morte espiritual e não comer coisa imunda tem o sentido de comermos os alimentos dessa terra que jaz do maligno, da pregação desse mundo.

Assim como ele, gostamos de ficar brincando com o perigo. Damos uma voltinha ali, só dá uma cheiradinha naquele pecadinho, “eu vou consegui me livrar de novo...”. Ate que uma Dalila vem e corta nossas 7 tranças e perdemos a “super força” que vem Dele. Assim os filisteus arrancaram seus olhos e o levaram algemado.

Mas depois de sua prisão, Sansão se arrepende e a bíblia diz que seu cabelo voltou a crescer. A sua submissão à perfeita vontade de Deus retorna e junto a sua “super força” espiritual. E descobre que a sua morte é muito mais proveitoso para o Reino de Deus que a sua vida.
Santidade. Nada desse mundo pode nos satisfazer. Por mais que seja gostoso, não nascemos para as coisas desse mundo. Reflita em suas escolhas e faça a SUA escolha: Deus ou o mundo.


Texto de referência: Juízes capítulo 13 ao 16

Nenhum comentário:

Postar um comentário